Exames

A  B  C  D  E   F   G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

F1 - IGE F1 ESPECIFICO PARA CLARA DE OVO - F1

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
FEITO DIÁRIO MÉTODO : QUIMIOLUNINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATORIO.
MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERAR 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS

F10 - IGE ESP SEMENTE DE GERGELIM OU SÉSAMO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F12 - IGE ESPECIFICO PARA ERVILHA

PRAZO: 10.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : IMMUNOCAP - FLUOROIMUNOENSAIO PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 2,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO VALOR DE REFERÊNCIA: CLASSE 0: MENOR QUE 0,35 KU/L CLASSE 1: 0,35 A 0,70 KU/L CLASSE 2: 0,70 A 3,50 KU/L CLASSE 3: 3,50 A 17,50 KU/L CLASSE 4: 17,50 A 50,00 KU/L CLASSE 5: 50,00 A 100 KU/L CLASSE 6: MAIOR QUE 100 KU/L INTERPRETAÇÃO: CLASSE 0 = NEGATIVO CLASSE DE 1 A 6 = REAGENTE APLIICAÇÃO CLÍNICA : O TESTE É USADO PARA IDENTIFICAR O PROVAVEL ALERGENO RESPONSÁVEL PELA MANIFESTAÇÃO CLINICA EM PACIENTE ATÓPICO.
HÁ CORRELAÇÃO COM O NÍVEL DE IgE TOTAL, APÓS AFASTAR POSSIBILIDADE DE PARASITOSE.
QUANTO MAIOR O TÍTULO, MAIOR A SENSIBILIZAÇÃO DO INDIVÍDUO.
REAÇÕES FALSO POSITIVAS, PODEM OCORRER PELA LIGAÇÃO INESPECÍFICA DE ANTICORPOS IgE A POEIRAS ORGÂNICAS E EXTRATOS DE ALIMENTOS.
FALSO NEGATIVOS PODEM OCORRER POR BAIXOS NÍVEIS DE IgE NÃO DETECTADOS PELO ENSAIO.


F13 - IGE ESPECIFICO PARA AMENDOIM - F13

PRAZO: 10.00
SETOR : TERCERIZADO.
FEITO DIÁRIO MÉTODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATORIO.
MATERIAL: SORO.
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: 7 DIAS REFRIGERADO 2° A 8° OU CONGELAR TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE ADEQUADO.


F14 - IGE F14 ESPECIFICO PARA GRAO DE SOJA - F14

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : IMUNOLUMINESCÊNCIA REPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS

F15 - IGE ESPECIFICO PARA FEIJAO BRANCO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINISCENCIA PREPARO : JEJUM DE 4H OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
SE O EXAME NÃO FOR REALIZADO NO MESMO DIA CONGELAR AMOSTRA.
MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: AMOSTRA INSUFIENTE, TRANSPORTE INADEQUADO.


F17 - IGE ESP AVELA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
MÉTODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HS.
MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO, SE O EXAME NAO FOR REALIZADO NO MESMO DIA CONGELAR A AMOSTRA.
REJEIÇÃO : - CONTAMINAÇÃO MICROBIANA.
- AMOSTRA COLHIDA COM GEL SEPARADOR.
- AMOSTRA REPETIDAMENTE CONGELADA E DESCONGELADA.
- AMOSTRA SUBEMTIDA A TEMPERATURA ELEVADA.


F18 - IGE ESPECIFICO PARA NOZ DO BRASIL - F18

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 45 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F2 - IGE ESPECIFICO PARA LEITE DE VACA E DERIVADOS

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SORO.
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 2,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: GUARDAR AMOSTRA PARA SOROTECA

F208 - IGE ESPECIFICO PARA LIMAO - F208

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F210 - IGE ESP ABACAXI (ANANAS)

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO: 7 DIAS TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F23 - IGE F23 ESPESPECIFICO PARA CARANGUEJO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADOA ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F234 - IGE ESPECÍFICO (F234) ALIMENTOS LACTOSE (PROTEÍNAS DO LEITE)

PRAZO: 10.00


F235 - IGE ESPECÍFICO (F235) - ALIMENTOS - LENTILHA

PRAZO: 5.00
Jejum de 4h ou conforme orientação médica.
Se o exame não for realizado no mesmo dia congelar a amostra.


F24 - IGE ESPECIFICO PARA CAMARAO - F24

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
MÉTODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS.
MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F245 - IGE F245 ESP OVO INTEIRO (ALIMENTOS)

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SORO.
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F25 - IGE ESPECIFICO PARA TOMATE - F25

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F258 - IGE ESPECIFICO PARA LULA - F258

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA - FEIA/ IMMUNOCAP PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSRVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F259 - IGE ESPECIFICO PARA UVA - F259

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINECÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F26 - IGE ESP CARNE DE PORCO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEUADO

F27 - IGE ESP CARNE DE BOI/VACA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DEV4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADOA ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F284 - IGE ESP CARNE DE PERU

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO:QUIMIOLUNESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL.
VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATE 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADA TRANSPORTE: REFRIGERADO, SE O EXAME NAO FOR REALIZADO NO MESMO DIA CONGELAR A AMOSTRA.
REJEIÇÃO : - CONTAMINAÇÃO MICROBIANA.
- AMOSTRA COLHIDA COM GEL SEPARADOR.
- AMOSTRA REPETIDAMENTE CONGELADA E DESCONGELADA.
- AMOSTRA SUBEMTIDA A TEMPERATURA ELEVADA.


F299 - IGE F299 ESPECIFICO PARA CASTANHA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO :QUIMIOMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO: 7 DIAS TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS.


F3 - IGE F3 ESPECIFICO PEIXE BACALHAU

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS.


F31 - IGE F31 ESPECIFICO PARA CENOURA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F33 - IGE ESPECIFICO PARA LARANJA - F33

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO :QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F333 - IGE ESP LINHACA

PRAZO: 18.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : IMMUNOCAP - FLUOROIMUNOENSAIO PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F340 - IGE ESPECIFICO PARA EXTRATO DE COCHONILHA (F340)

PRAZO: 4.00


F35 - IGE ESPECIFICO PARA ALIMENTOS BATATA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
FEITO DIÁRIO.
METODO : QUIMUOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADA TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F36 - IGE ESPECIFICO PARA COCO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HS OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
SE O EXAME NÃO FOR REALIZADO NO MESMO DIA CONGELAR AMOSTRA.
MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: AMOSTRA INSUFICIENTE, TRASNPORTE INADEQUADO

F37 - IGE ESPECIFICO PARA MEXILHAO AZUL - F37

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F4 - IGE ESP TRIGO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO :QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO.


F40 - IGE ESPECIFICO PARA ATUM - F40

PRAZO: 12.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F41 - IGE ESPECIFICO PARA SALMAO - F41

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA (FEIA) / IMUNOCAP PREPARO : JEJUM DE 4HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F44 - IGE ESPECIFICO PARA MORANGO - F44

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇAÕ: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F47 - IGE ESPECIFICO PARA ALHO - F47

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA ENZIMÁTICA (FEIA)/IMMUNOCAP PREPARO : JEJUM DE 4H OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
SE O EXAME NÃO FOR REALIZADO NO MESMO DIA CONGELAR A AMOSTRA.
MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO : AMOSTRA INSUFICIENTE E CONSERVAÇÃO INADEQUADA

F48 - IGE F48 ESPECIFICO PARA CEBOLA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇAO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS

F49 - IGE ESPECIFICO PARA MACA - F49

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F59 - IGE ESPECIFICO PARA POLVO - F59

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO: QUIMIOLUMINESCENCIA PREPARO : JEJUM 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEICAO: CONSERVAÇAO E TRANSPORTE INADEQUADO.


F6 - IGE ESP CEVADA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F7 - IGE ESPECIFICO PARA AVEIA - F7

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
MÉTODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F75 - IGE ESPECIFICO PARA ALIMENTOS GEMA DE OVO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 2,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO.


F76 - IGE ESPECIFICO PARA ALFA LACTOALBUMINA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO :FLUORESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4H OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
SE O EXAME NÃO FOR REALIZADO NO MESMO DIA CONGELAR A AMOSTRA.
MATERIAL: SORO.
RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: AMOSTRA INSUFICIENTE E CONSERVAÇÃO INADEQUADA

F77 - IGE ESPECIFICO PARA BETA LACTOGLOBULINA - F77

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA IMMUNOCAP - (FEIA) PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADA TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F78 - IGE ESP CASEINA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : IMMUNOCAP - FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO PREPARO : JEJUM DE 8 HS MATERIAL: SORO.
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVACAO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F79 - IGE ESPECIFICO PARA GLUTEN

PRAZO: 10.00
*** ATUALIZADO EM 30/05/2011 POR FERNANDA NICOLE *** NOME DO EXAME IgE ESPECÍFICO PARA GLUTEN SETOR : TERCEIRIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : IMMUNOCAP - FLUOROIMUNOENSAIO PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 2,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO VALOR DE REFERÊNCIA: CLASSE 0: MENOR QUE 0,35 KU/L CLASSE 1: 0,35 A 0,70 KU/L CLASSE 2: 0,70 A 3,50 KU/L CLASSE 3: 3,50 A 17,50 KU/L CLASSE 4: 17,50 A 50,00 KU/L CLASSE 5: 50,00 A 100 KU/L CLASSE 6: MAIOR QUE 100 KU/L INTERPRETAÇÃO: CLASSE 0 = NEGATIVO CLASSE DE 1 A 6 = REAGENTE APLIICAÇÃO CLÍNICA : O TESTE É USADO PARA IDENTIFICAR O PROVAVEL ALERGENO RESPONSÁVEL PELA MANIFESTAÇÃO CLINICA EM PACIENTE ATÓPICO.
HÁ CORRELAÇÃO COM O NÍVEL DE IgE TOTAL, APÓS AFASTAR POSSIBILIDADE DE PARASITOSE.
QUANTO MAIOR O TÍTULO, MAIOR A SENSIBILIZAÇÃO DO INDIVÍDUO.
REAÇÕES FALSO POSITIVAS, PODEM OCORRER PELA LIGAÇÃO INESPECÍFICA DE ANTICORPOS IgE A POEIRAS ORGÂNICAS E EXTRATOS DE ALIMENTOS.
FALSO NEGATIVOS PODEM OCORRER POR BAIXOS NÍVEIS DE IgE NÃO DETECTADOS PELO ENSAIO.


F8 - IGE ESPECIFICO PARA ALIMENTOS - MILHO - F8

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS.


F80 - IGE ESP LAGOSTA VERMELHA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F83 - IGE ESPECIFICO PARA CARNE DE GALINHA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINISCENCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS OU CONFORME ORIENTAÇAO MÉDICA.
SE O EXAME NÃO FOR REALIZADO NO MESMO DIA CONGELAR AMOSTRA.
MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇAO: AMOSTRA INSUFICIENTE, TRANSPORTE INADEQUADO

F84 - IGE ESP KIWI

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMNESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F87 - IGE ESP MELAO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F89 - IGE ESPECIFICO PARA MOSTARDA - F89

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMUIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F90 - IGE ESP MALTE - F90

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DEV 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRAN´SPORTE INADEQUADO

F91 - IGE ESPECIFICO PARA MANGA - F91

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

F92 - IGE F92 ESPECIFICOPARA ALIMENTOS BANANA - F92

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS.


F93 - IGE ESPECIFICO ALIMENTOS CHOCOLATE -

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
MÉTODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SORO.
RECIPIENTE: TUBO COM GEL (TAMPA AMARELA).
VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO: 7 DIAS TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO; CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADOS.


F95 - IGE ESP PESSEGO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FACT - FOSFATASE ACIDA TOTAL

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
SINONÍMIA : FOSFATASE ÁCIDA TOTAL, FA.
MÉTODO : COLORIMETRICO PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO.
MATERIAL : SANGUE (SORO).
SEPARAR E REFRIGERAR O MAIS RÁPIDO PÓSSIVEL.
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
ICONSERV.
: ATE 2 DIAS REFRIGERADO ENTE 2 A 8° REJEIÇÃO : HEMÓLISE, CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FALC - FOSFATASE ALCALINA - SANGUE

PRAZO: 3.00
SETOR: BIOQUIMICA MÉTODO:.
.
CINETICO - BOWERS E MC COMB MODIFICADO PREPARO:.
.
JEJUM NÃO OBRIGATORIO MATERIAL:.
SORO RECIPIENTE:.
TUBO COM GEL VOLUME: MÍNIMO 2 ML CONSERVAÇÃO:.
48 HORAS REFRIGERADO ENTRE 2o E 8o, CONGELADO ATÉ 6 MESES.
TRANSPORTE:.
.
REFRIGERADO ENTRE 2o E 8o C.
REJEIÇÃO:HEMÓLISE, AMOSTRA LIPEMICA.
APLICAÇÃO CLÍNICA: AS FOSFATASES ALCALINAS ESTÃO PRESENTES NAS MEMBRANAS CELULARES DOS SEGUINTES TECIDOS: OSSOS, FIGADO, INTESTINO, PLACENTA, RINS E LEUCÓCITOS.
AS IZOENZIMAS HEPÁTICAS E OSSEAS REPRESENTAM 90% DA FOSFATASE ALCALINA CIRCULANTE.
EM CRIANÇAS A FRAÇÃO OSSEA PREDOMINA.
A FOSFATASE ALCALINA TOTAL ENCONTRA-SE ELEVADA NA COLESTASE, HEPATITES VIRAIS (MAIS DISCRETAMENTE), DOENÇA DE PAGET, TUMORES OSSEOS, HIPERPARATIREOIDISMOO, OSTEOMALÁCIA E RAQUITISMO.
MEDICAMENTOS COMO ANTICONCEPCIONAIS ORAIS, HIPOLIPEMIANTES, ANTICOAGULANTES E ANTIEPILÉTICOS PODEM REDUZIR OS NIVEIS DA FOSFATASE ALCALINA TOTAL.


FALCE - DREPANOCITOS - PESQUISA

PRAZO: 5.00
SETOR : HEMATOLOGIA SINONÍMIA : TESTE DE FALCIZAÇÃO, AFOIÇAMENTO, PESQUISA DE CÉLULAS FALCIFORME MÉTODO : METABISSULFITO PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATORIO MATERIAL : SANGUE TOTAL EM EDTA.
RECIPIENTE: TUBO COM EDTA (TAMPA ROXA).
VOLUME : 1,5 mL INTEFERENTE: HEMÓLISE TRANSPORTE: TEMP.
AMBIENTE.
CONSERVAÇÃO: TEMP.
AMBIENTE: ATÉ 24h.
REFRIGERADO: 3 DIAS REJEIÇÃO: HEMÓLISE E COÁGULO APLIC.
CLÍNICA: O TESTE POSITIVO INDICA PRESENÇA DA HEMOGLOBINA ANOMALIA S EM HETEROZIGOSE OU HOMOZIGOSE.
TESTES FALSO-POSITIVOS PODEM OCORRER EM POLICITEMIAS E ALGUMAS HEMOGLOBINAS ANORMAIS RARAS.
TESTE FALSO- NEGATIVOS PODEM OCORRER POR QUANTIDADES INDETECTÁVEIS DE HEMOGLOBINA S.


FAN - FATOR ANTI NUCLEAR - HEP2

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO METODO : IMUNOFLUORESCÊNCIA INDIRETA PREPARO : JEJUM 4 HORAS MATERIAL : SORO RECEPIENTE : TUBO SORO GEL VOLUME :1 ml CONSEVAÇÃO : REFRIGERADO TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEIÇÃO :CONSERVAÇÃO E REFRIGERAÇÃO INADEQUADO

FATOR IX - FATOR IX DA COAGULACAO

PRAZO: 10.00
SETOR: TERCERIZADO - EXAME REALIZADO SOMENTE NA 2ª FEIRA ATÉ 10 HS METODO: FIBRÔMETRO - COAGULÔMETRO PREPARO: JEJUM OBRIGATÓRIO.
COLETAR PLASMA CITRATADO.
REALIZAR O EXAME EM ATÉ 2 HORAS APÓS A COLETA MATERIAL: PLASMA CITRATADO RECIPIENTE: TUBO CITRATO VOLUME: 1 ML CONSERVACAO: AMOSTRA CONGELADA TRANSPORTE: AMOSTRA CONGELADA - EM GELO SECO REJEICAO: AMOSTRA INSUFICIENTE, E DESCONGELADA.


FATOR8 - INIBIDOR DO FATOR VIII - PESQUISA

PRAZO: 12.00
SETOR: TERCERIZADO MÉTODO: COAGULOMÉTRICO SUBSTRATOS DEFICIENTE PREPARO: JEJUM OBRIGATORIO DE 8 HORAS MATERIAL: PLASMA CITRATADO RECIPIENTE: TUBO DE CITRATO VOLUME: 2,5 ML CONSERVAÇÃO: CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO DE 2° A 8° REJEIÇÃÓ: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FATVII - FATOR VII

PRAZO: 7.00


FATXIII - FATOR XII DA COAGULACAO

PRAZO: 4.00


FE - FERRO SERICO

PRAZO: 3.00
SETOR: BIOQUIMICA METODO: FERROZINE - GOODWIN MODIFICADO PREPARO: ADULTOS:JEJUM DE 8h CRIANÇAS: JEJUM DE 4h OU ANTES DA PRÓXIMA AMAMENTAÇÃO MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME: MÍNIMO 2,0 mL.
CONSERVAÇÃO: ATÉ 6 DIAS REFRIGERADO ENTRE 2o E 8o C.
TRANSPORTE: REFRIGERADO ENTRE 2o E 8o C.
REJEIÇÃO: HEMÓLISE, LIPEMIA APLICAÇÃO CLÍNICA A DETERMINAÇÃO DO FERRO SÉRICO (FS) É USADA NO DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE ANEMIAS, HEMOCROMATOSE E HEMOSSIDEROSE.
NIVEIS BAIXOS OCORREM NA ANEMIA FERROPRIVA, GLOMERULOPATIAS, MENSTRUAÇÃO E FASES INICIAIS DE REMISSÃO DA ANEMIA PERNICIOSA.
VARIAÇÕES CIRCADIANAS COM VALORES MAIS BAIXOS DE FS PELA TARDE SAO DESCRITAS, SENDO QUE ALTERAÇÕES DE ATE 30% EM DIAS SUBSEQUENTES PODEM OCORRER.
PRE- MENSTRUAL PODE ELEVAR NIVEIS EM 10% A 30% QUE CAEM NA MENSTRUAÇÃO.
NA GRAVIDEZ HA POSSIBILIDADE DE ELEVAÇÃO INICIAL DO FS DEVIDO A PROGETERONA E QUEDA DO FS POR AUMENTO DA SUA NECESSIDADE.
USO DE ANTICONCEPCIONAL ORAL PODE ELEVAR O FS ACIMA DE 200 MCG/DL.
NIVEIS AUMENTADOS SAO ENCONTRADOS NA HEMOSSIDEROSE, HEMOCROMATOSE, TALASSEMIAS E NA HEMOLISE DA AMOSTRA.


FENIL - FENILALANINA - PKU QUANTITATIVA - SANGUE

PRAZO: 35.00
SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TERCERIZADO - EXAME REALIZADO NA 3ª E 5ª FEIRA METODO: .
.
.
.
.
.
.
.
.
.
FLUORIMÉTRICO PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
JEJUM NAO OBRIGATORIO, COLETA-SE SANGUE POR PUNÇÃO (LANCETA), DA REGIÃO CALCANHAR, GOTEJA-SE O SANGUE EM PAPEL FILTRO (SCHLEICHER & SCHUELL) DEIXA SECAR, ENVOLVER EM PAPEL ALUMÍNIO.
MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
SANGUE (PAPEL FILTRO) RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
KIT FORNECIDO COM PAPEL FILTRO VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
SUFICIENTE PARA PREENCHER OS CIRCULOS.
CONSERV:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TEMPERATURA AMBIENTE TRANSPORTE:.
.
.
TEMPERATURA AMBIENTE REJEIÇÃO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
PREENCHIMENTO INCOMPLETO DOS CIRCULOS OU NÃO ELUIÇÃO DO SANGUE.
APLICAÇÃO CLÍNICA :O TESTE DO PEZINHO É UM EXAME LABORATORIAL SIMPLES QUE TEM O OBJETIVO DE DETECTAR PRECOCEMENTE DOENÇAS METABÓLICAS, GENÉTICAS E INFECCIOSAS, QUE PODERÃO CAUSAR LESÕES IRREVERSÍVEIS NO BEBÊ.
POR SER REALIZADO ATRAVÉS DA ANÁLISE DE AMOSTRAS DE SANGUE COLETADAS DO CALCANHAR DO RECÉM-NASCIDO, O EXAME FICOU POPULARMENTE CONHECIDO COMO TESTE DO PEZINHO.
A MAIORIA DAS DOENÇAS PESQUISADAS PODE SER TRATADA COM SUCESSO DESDE QUE IDENTIFICADAS ANTES MESMO DE MANIFESTAR SEUS SINTOMAS CLARAMENTE, PARA PAIS E MÉDICOS.
NESTE SENTIDO, TODOS OS RECÉM-NASCIDOS DEVEM SER SUBMETIDOS AO TESTE, A PARTIR DO 3º DIA DE VIDA E APÓS ESTE O MAIS BREVE POSSÍVEL, MESMO OS QUE NÃO APRESENTAM NENHUM SINTOMA CLÍNICO ANORMAL.


FENILA - FENILALANINA PLASMÁTICA

PRAZO: 35.00


FENITO - DIFENILHIDANTOINA

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCEIRIZADO METODO : TURBIDIMETRIA PREPARO : JEJUM NÃO NECESSÁRIO.
COLHER ANTES DE UMA DAS TOMADAS DO MEDICAMENTO (2 h ANTES) OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
HEMOLISE ELIPEMIA PODEM ATUAR COMO .
MATERIAL : SORO RECEPIENTE : TUBO SORO GEL VOLUME :2 ml CONSEVAÇÃO : REFRIGERADO TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEIÇÃO : CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FENOB - FENOBARBITAL

PRAZO: 7.00
SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TERCERIZADO MÉTODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
MEIA PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
JEJUM NÃO NECESSARIO.
(COLHER O SANGUE ANTES DA PROXIMA DOSE DO MEDICAMENTO OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA).
MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
SANGUE (SORO) RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
.
.
TUBO SORO GEL.
VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
MINIMO 1,0 mL CONSERVAÇÃO:.
.
.
.
REFRIGERADO DE 2 A 8° TRANSPORTE:.
.
.
.
.
.
.
REFRIGERADO OBSERVAÇÃO:.
.
.
.
.
.
.
.
PREENCHER QUESTIONARIO DE DROGAS NO SISTEMA (USO EXCLUSIVO DO SETOR TÉCNICO)

APLICAÇÃO CLINICA: O FENOBARBITAL E UM ANTICONVULCIVANTE.
ESTE EXAME E UTIL PARA MONITORAR OS NIVEIS TERAPEUTICOS DESTE MEDICAMENTO.
FENOBARBITAL É USADO NO CONTROLE DE PACIENTES COM CRISES CONVULSIVAS ONICO- CLÔNICAS GENERALISADAS E PARCIAIS.
EM NÍVEIS TÓXICOS PODE CAUSAR DEPRESSÃO DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL, LEVANDO A LETARGIA E COMA.
GRANDES VARIAÇÕES NOS NÍVEIS SÉRICOS PODEM SER OBSERVADAS EM CRIANÇAS, DURANTE O DIA.
O FENOBARBITAL TEM UMA MEIA VIDA DE 48 A 96 HORAS.
QUANDO A DOSE É DOBRADA ESPERA-SE QUE TRANSCORRAM 5,5 MEIAS VIDAS ATÉ QUE NÍVEIS SÉRICOS ESTÁVEIS SEJAM ALCANÇADOS.



FENU - FENILGLIOXILICO URINA AMOSTRA UNICA ALEATORIA

PRAZO: 7.00
SETOR: TERCEIRIZADO MÉTODO: CROMATOGRAFIA LIQUIDA (HPLC) PREPARO: COLHER URINA AO FINAL DO ULTIMO DIA DE JORNADA DE TRABALHO DA SEMANA.
EVITAR COLHER NA PRIMEIRA JORNADA DE TRABALHO DA SEMANA.
MATERIAL: URINA DO FINAL DA JORNADA DE TRABALHO RECIPIENTE: FRASCO DE URINA LIMPO E SEM ADITIVO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO OU COMPRADO EM DROGARIAS.
VOLUME: MÍNIMO 50 ML.
CONSERVAÇÃO:TEMPERATURA AMBIENTE POR ATÉ UMA SEMANA, ATÉ 15 DIAS REFRIGERADO ENTRE 2º E 8º C OU ATÉ 2 MESES CONGELADO A -20º C.
EVITAR CICLOS DE CONGELAMENTO E DESCONGELAMENTO.
REJEIÇÃO: URINA NÃO RECENTE.
TRANSPORTE: REFRIGERADO ENTRE 2º E 8º C.
APLICAÇÃO CLÍNICA: O ETILBENZENO É UM INTERMEDIÁRIO QUÍMICO DE ALTO VALOR COMERCIAL, UTILIZADO EXTENSIVAMENTE NA INDUSTRIA QUÍMICA, PETROQUIMICA E FARMACEUTICA,EM DIFERENTES APLICAÇÕES, TAIS COMO SOLVENTE NA FABRICAÇÃO DE TINTAS E VERNIZES E COMO PERCURSOR DE DIVERSOS OUTROS PRODUTOS.
O ESTIRENO POSSUI AÇÃO IRRITANTE DE PELE E MUCOSA, APRESENTA NEUROTOXICIDADE CENTRAL E PERIFÉRICA, ALÉM DE SER HEPATOTÓXICO E CARCINOGENICO.
O ÁCIDO MANDÉLICO É O PRINCIPAL METABOLITO DO ESTIRENO E TAMBEM DO ETIL BENZENO.
A RELAÇÃO ANCIDO MANDELICO/ÁCIDO FENILGLIOXILICO VARIACOM A CONCENTRAÇÃO AMBIENTAL, SENDO MAIOR EM CONCENTAÇÕES MAIS ELEVADAS DE ESTIRENO.
A DETERMINAÇÃO DOS ACIDOS MANDELICO FENILGLIOXILICO É REALIZADA PARA MONITORIZAÇÃO BIOLOGICA DE TRABALHADORES EXPOTOS A ESTIRENO.
NIVEIS ELEVADOS DESTES METABOLITOS NA URINA INDICAM EXPOSIÇÃO OCUPACIONAL EXCESSIVA AO COMPOSTO.


FERROHP - FERRO, URINA DE 24 HORAS

PRAZO: 7.00
SETOR: TERCERIZADO MÉTODO: COLORIMETRICO MATERIAL: URINA DE 24 HORAS RECIPIENTE: FRASCO DE URINA DE 24 HORAS VOLUME: 20 ML CONSRVAÇÃO: 7 DIAS REFRIGERADO DE 2 A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO

FETLR - FERRITINA SERICA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO METODO : QUIMIOLUMINESCENCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATORIO MATERIAL: SANGUE (SORO) RECIPIENTE: TUBO COM GEL (TAMPA AMARELA) VOLUME : MINIMO 1,0 ML INTERFERENTES: HEMOLISE E LIPEMIA CONSERVACAO : REFRIGERADO DE 2 A 8°: 7 DIAS CONGELADO: 6 MESES TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEICAO : HEMOLISE, CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FIBRI - FIBRINOGENIO

PRAZO: 4.00
SETOR : HEMATOLOGIA.
SINONÍMIA : FATOR I DA COAGULAÇÃO MÉTODO : COAGLUMETRICO PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS DESEJÁVEL MATERIAL : PLASMA CITRATO RECIPIENTE : CITRATO TAMPA AZUL VOLUME : 2,7 CONSERV: 12 HORAS EM TEMPERATURA AMBIENTE OU CONGELADO POR 7 DIAS TRANSPORTE: REFRIGERADO OU CONGELADO REJEIÇÃO: HEMOLISE INTENSA E COAGULO COLETA: COLHER COM SERINGA PLASTICA OU TUBO A VACUO, SEM TRAUMA VENOSO OU GARROTEAMENTO PROLONGADO.
SEPARAR O PLASMA EM NO MÁXIMOIMADIATAMENTE APÓS A COLETA.
APLIC.
CLÍNICA: APLICAÇÃO CLÍNICA :O FIBRINOGÊNIO É CONVERTIDO A FIBRINA PELA TROMBINA.
OS NÍVEIS DE FIBRINOGÊNIO ESTÃO DIMINUÍDOS NA AFIBRINOGENEMIA HEREDITÁRIA, COAGULAÇÃO INTRAVASCULAR DISSEMINADA, FIBRINÓLISE E DOENÇA HEPÁTICA.
DOENÇAS ADQUIRIDAS SÃO MAIS COMUNS QUE OS DISTÚRBIOS CONGÊNITOS.
NÍVEIS MENOS QUE 100 MG/DL PODEM ESTAR ASSOCIADOS COM SANGRAMENTOS.
VALORES ESTÃO ELEVADOS EM ESTADOS INFLAMATÓRIOS AGUDOS, GRAVIDEZ, USO DE CONTRACEPTIVOS ORAIS, ESTRÓGENOS E ANDRÓGENOS.


FILARI - FILARIOSE, SOROLOGIA

PRAZO: 0.00


FILARIA - FILARIA - PESQUISA

PRAZO: 3.00


FOLIC - ACIDO FOLICO

PRAZO: 5.00
SETOR: EXAME EXTERNO.
LIBERADO EM 2 DIAS! METODO: QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO: JEJUM DESEJÁVEL DE 4 HORAS.
EVITAR ALCOOL 24 HORAS ANTES DO EXAME.
MATERIAL: SANGUE (SORO) RECIPIENTE:.
01 TUBO COM GEL PROTEGIDO COM PAPEL ALUMÍNIO.
VOLUME: MINIMO DE 1,0 ML CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO POR 2 DIAS OU CONGELADOPOR ATÉ 1 MÊS TRANSPORTE: REFRIGERADO INTERFERENTES: MEDICAMENTOS COMO POR EX.
O ÁCIDO FOLINICO(LEUCOVORIN) OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
REJEICAO: HEMÓLISE USO EXCLUSIVO DO SETOR TÉCNICO: APLICAÇÃO CLÍNICA: A DEFICIÊNCIA DE ÁCIDO FÓLICO LEVA À ANEMIA MEGALOBLÁSTICA, COMUMENTE ASSOCIADA A ALCOOLISMO E USO DE MEDICAMENTOS COMO METOTREXATE.
NA GRAVIDEZ, A DEFICIÊNCIA DE ÁCIDO FÓLICO PODE LEVAR DEFORMAÇÕES FETAIS, COMO DEFEITOS NO FECHAMENTO DO TUBO NEURAL.
A DOSAGEM DE ÁCIDO FÓLICO É ÚTIL NA AVALIAÇÃO DE PACIENTES COM ANEMIA MACROCÍTICA, NO DIAGNÓSTICO E ACOMPANHAMENTO DE TRATAMENTO DE PACIENTES COM DEFICIÊNCIA DE ÁCIDO FÓLICO, NA AVALIAÇÃO DE PACIENTES ETILISTAS E NA AVALIAÇÃO DAS CAUSAS DE HOMOCISTEÍNA ELEVADA.
A HOMOCISTEÍNA GERALMENTE SE ENCONTRA ELEVADA NAS DEFICIÊNCIAS DE ÁCIDO FÓLICO E/OU VITAMINA B12.
O ÁCIDO METIL-MALÔNICO SE ENCONTRA AUMENTADO APENAS NA DEFICIÊNCIA DE VITAMINA B12.


FOSFO - FOSFORO

PRAZO: 3.00
SETOR: BIOQUIMICA METODO:.
COLORIMETRICO PREPARO: JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME: MINIMO 2,0 mL REJEIÇÃO:HEMÓLISE CONSERVAÇÃO:.
.
.
.
ATÉ 7 DIAS REFRIGERADO ENTRE 2o E 8o C.
TRANSPORTE:.
.
.
.
.
.
REFRIGERADO ENTRE 2o E 8o C.
APLICAÇÃO CLÍNICA:SANGUE: MENOS DE 1% DO FOSFORO CORPORAL SE ENCONTRA NO PLASMA.
CAUSAS DE FOSFORO ELEVADO: EXERCICIOS, HIPOVOLEMIA, ACROMEGALIA, HIPOPARATIREOIDISMO, METASTASES OSSEAS, HIPERVITAMINOSE D, SARCOIDOSE, HEPATOPATIAS, EMBOLISMO PULMONAR, INSUFICIENCA RENAL E TROMBOCITOSE.
AMOSTRAS NAO REFRIGERADAS, NAO DESSORADAS RAPIDAMENTE E COM HEMOLISE PODEM CAUSAR ELEVAÇÕES ESPURIAS.
HIPOFOSFATEMIA PODE OCORRER NO USO DE ANTIACIDOS, DIURÉTICOS, CORTICOIDES, GLICOSE ENDOVENOSA, HIPERALIMENTAÇÃO, DIÁLISE, SEPSE, DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D E DESORDENS TUBULARES RENAIS.
OUTRAS DROGAS PODEM INTERFERIR NA DETERMINACAO DO FOSFORO: ACETAZOLAMIDA, SALBUTAMOL, ALENDRONATO, AZATIOPRINA, ISONIAZIDA, LITIO, PROMETAZINA E ANTICONCEPCIONAIS.


FOSFU - FOSFORO URINA 24 HORAS

PRAZO: 3.00
SETOR: BIOQUIMICA MÉTODO: COLORIMETRICO UV PREPARO: PODE HAVER INGESTÃO NORMAL DE LÍQUIDOS, SEM EXCESSOS, PORQUE GRANDES VOLUMES DIFICULTAM AS DOSAGENS.
MATERIAL: DESPREZAR A PRIMEIRA URINA DA MANHÃ AO SE LEVANTAR E ANOTAR A HORA, COLHER TODAS AS URINAS NAS PROXIMAS 24 HORAS SUBSEQUENTES, A ULTIMA URINA DEVERÁ SER COLHIDA EXATAMENTE NO HORARIO QUE FOI DESPREZADA A PRIMEIRA URINA DO DIA ANTERIOR.
RECIPIENTE: FRASCO PRÓPIO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO OU QUANDO NÃO FOR APLICÁVEL, UTILIZAR FRASCO DE ÁGUA MINERAL.
FACULTATIVO: FRASCO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO COM HCL 50% 20 ML PARA CADA 1 LITRO DE URINA VOLUME: TODO O VOLUME DE URINA COLHIDO DURANTE 24 HORAS.
CONSERVAÇÃO: O FRASCO DE URINA DEVE SER REFRIGERADO DURANTE AS 24 HORAS DE COLETA, SEM CONTATO COM SOL OU CALOR EXCESSIVO.
SE O FRASCO TIVER HCL, NÃO É NECESSÁRIO REFRIGERAR.
REJEIÇÃO: COLETA INADEQUADA DA URINA.
TRANSPORTE: REFRIGERADO ENTRE 2º E 8º C.
APLICAÇÃO CLINICA: A DOSAGEM DE FÓSFORO URINÁRIO É ÚTIL NA AVALIAÇÃO DO BALANÇO CÁLCIO/FÓSFORO.
VALORES AUMENTADOS DE FÓSFORO NA URINA OCORREM NO HIPERPARATIREIDISMO PRIMÁRIO, DEFICIÊNCIA DE VITAMINA D, ACIDOSE TUBULAR RENAL, E USO DE DIURÉTICO.
VALORES BAIXOS SÃO ENCONTRADOS NA DESNUTRIÇÃO, HIPOPARATIREOIDISMO, PSEDUOHIPOPARATIREOIDISMO, E INTOXICAÇÃO COM VITAMINA D.


FOSS - FOSFATASE ALCALINA OSSEA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMONESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO) RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL DE SORO CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FOSUR - FOSFORO URINA 12HS

PRAZO: 3.00
SETOR: BIOQUIMICA METODO: COLORIMETRICO PREPARO: PODE HAVER INGESTÃO NORMAL DE LÍQUIDOS, SEM EXCESSOS, PORQUE GRANDES VOLUMES DIFICULTAM AS DOSAGENS.
MATERIAL: DESPREZAR A PRIMEIRA URINA DA MANHÃ AO SE LEVANTAR E ANOTAR A HORA, COLHER TODAS AS URINAS NAS PROXIMAS 12 HORAS SUBSEQUENTES, A ULTIMA URINA DEVERÁ SER COLHIDA EXATAMENTE 12 HORAS APÓS A PRIMEIRA COLETA.
RECIPIENTE: FRASCO PRÓPIO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO OU QUANDO NÃO FOR APLICÁVEL, UTILIZAR FRASCO DE ÁGUA MINERAL.
FACULTATIVO: FRASCO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO COM HCL 50% 20 ML PARA CADA 1 LITRO DE URINA VOLUME: TODO O VOLUME DE URINA COLHIDO DURANTE 12 HORAS.
CONSERVAÇÃO: O FRASCO DE URINA DEVE SER REFRIGERADO DURANTE AS 12 HORAS DE COLETA, SEM CONTATO COM SOL OU CALOR EXCESSIVO.
SE O FRASCO TIVER HCL, NÃO É NECESSÁRIO REFRIGERAR.
REJEIÇÃO: COLETA INADEQUADA DA URINA.
TRANSPORTE: REFRIGERADO ENTRE 2º E 8º C.
APLICAÇÃO CLÍNICA: ÚTIL NA AVALIAÇÃO DO EQUILÍBRIO ENTRE CÁLCIO E FÓSFORO E NO ESTUDO DOS CÁLCULOS URINÁRIOS.


FOSURE - FOSFORO URINA ALEATORIA

PRAZO: 3.00
SETOR: BIOQUIMICA METODO: COLORIMETRICO - UV (DALY E ETINGSHAUSEN MODIFIC) PREPARO: PRIMEIRA URINA DA MANHÃ OU RETENÇÃO URINÁRIA.
MATERIAL: URINA RECENTE (PRIMEIRA URINA DA MANHA OU APÓS 4 HORAS DE RETENÇÃO) OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
RECIPIENTE: FRASCO DE URINA ESTERIL FORNECIDO PELO LABORATORIO OU COMPRADO EM DROGARIAS.
VOLUME: MINIMO 5 ML CONSERVAÇÃO: ATÉ 7 DIAS ACIDIFICADO COM HCL 50% 20 mL/L DE URINA OU; ATÉ 4 DIAS REFRIGERADO ENTRE 2º E 8º C.
REJEIÇÃO: COLETA DE URINA INADEQUADA OU PRAZO DE ENTREGA SUPERIOR A 2 HORAS.
TRANSPORTE: REFRIGERADO ENTRE 2º E 8º C.
APLICAÇÃO CLÍNICA: ÚTIL NA AVALIAÇÃO DO EQUILÍBRIO ENTRE CÁLCIO E FÓSFORO E NO ESTUDO DOS CÁLCULOS URINÁRIOS.


FOSURI6H - FOSFORO URINA 6 HS

PRAZO: 3.00


FPB - PARASITOLOGICO DE FEZES, BAERMANN-MORAES

PRAZO: 7.00
*** ATUALIZADO EM 25/06/2010 FABIOLA LIMEIRA *** NOME DO EXAME: PARASITOLÓGICO DE FEZES PELO MÉTODO DE BAERMANN MORAES SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
PARASITOLOGIA.
FEITO DIÁRIO ( LIBERAÇÃO EM 2 DIA ) SINONÍMIA:.
.
.
.
.
.
.
.
BAERMANN, PROTOPARASITOLOGICO, LARVAS DE STRONGYLOIDES STERCORALIS, LARVA DE ESTRONGILOIDES STERCORALIS MÉTODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
BAERMANN MORAES PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
NÃO SE APLICA MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
FEZES FRESCAS RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
FRASCO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO COLETA:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
RETIRAR FRAÇÕES DE FEZES EM DIFERENTES PARTES DO BOLO FECAL (INÍCIO, MEIO E FIM), SEM LIQUIDO CONSERVANTE,DE MODO QUE COMPLETE 1/2 (MEIO) FRASCO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO.
SEMPRE QUE HOUVER MUCO (CATARRO), PUS OU SANGUE, COLHER ESTA PORÇÃO PARA QUE SEJA ANALISADA, INFORMANDO A PRESENÇA DESSAS SUBSTÂNCIAS AO ENTREGAR O MATERIAL.
CASO SEJA VISUALIZADO ALGUM PARASITA, COLETÁ-LO INFORMANDO O ACHADO AO ATENDENTE NO MOMENTO DA ENTREGA DO MATERIAL PARA O ADEQUADO PROCESSAMENTO DA AMOSTRA.
IDENTIFICAR O FRASCO COM NOME COMPLETO.
ENCAMINHAR O MATERIAL AO LABORATÓRIO EM ATÉ 6 HORAS APÓS A COLETA.
NÃO REFRIGERAR.
VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
1/2 DO FRASCO DE COLETA DE FEZES, MINIMO 20 GRAMAS DE FEZES INTERFERENTE:.
USO DE ANTIDIARRÉICOS, ANTIÁCIDOS, VASELINA, ÓLEOS MINERAIS, DERIVADOS DE BÁRIO.
FEZES REFRIGERADAS, CONGELADAS OU VELHAS, FEZES EM CONSERVANTE.
CONSERVAÇÃO:.
.
6 HORAS TEMPERATURA AMBIENTE TRANSPORTE:.
.
.
.
TEMPERATURA AMBIENTE (USO EXCLUSIVO DO SETOR TÉCNICO)

APLICAÇÕES CLÍNICAS:É ESPECÍFICO PARA O ISOLAMENTO DE LARVAS E ACOMPANHAMENTO DO TRATAMENTO.



FPRO - FOSFATASE ACIDA PROSTATICA

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
MÉTODO : ENZIMÁTICO PREPARO : JEJUM 8 HORAS APÓS: *TOQUE RETAL, AGUARDAR 3 DIA MATERIAL : SANGUE (SORO) RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL CONSERV.
: ATE 7 DIAS REFRIGERADO ENTRE 2 A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FRAGI - CURVA DE FRAGILIDADE OSMOTICA - SANGUE

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCEIRIZADO METODO : COLORIMÉTRICO (DE DACIE) PREPARO : JEJUM DE 8HS MATERIAL : SANGUE TOTAL C/ HEPARINA RECEPIENTE : TUBO HEPARINA ESTÉRIL VOLUME :5 ml CONSEVAÇÃO : REFRIGERADO TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEIÇÃO : - CONTAMINAÇÃO MICROBIANA.
- AMOSTRA COLHIDA COM GEL SEPARADOR.
- AMOSTRA REPETIDAMENTE CONGELADA E DESCONGELADA.
- AMOSTRA SUBEMTIDA A TEMPERATURA ELEVADA.


FRUTA - FRUTOSAMINA - PROTEINA GLICOSILADA

PRAZO: 5.00
SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
LSM FEITO SEG,QUA,SEX (3 DIAS) METODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
COLORIMÉTRICO CIN´TICO PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
JEJUM OBRIGATÓRIO DE 8 HORAS MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
SANGUE (SORO).
RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TUBO COM GEL VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
1,0 mL.
CONSERVAÇÃO:.
.
.
.
REFRIGERADO: 7 DIAS DE 2 A 8° E CONGELADO: 3 MESES TRANSPORTE:.
.
.
.
.
.
REFRIGERADO REJEIÇÃO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
HEMÓLISE (USO EXCLUSIVO DO SETOR TÉCNICO)

APLICAÇÃO CLINICA: A FRUTOSAMINA É O RESULTADO DA LIGAÇÃO COVALENTE DA GLICOSE COM A ALBUMINA OU OUTRAS PROTEÍNAS.
ASSIM, É UTILIZADA NA MONITORIZAÇÃO DO CONTROLE GLICÊMICO.
COMO APRESENTA MEIA VIDA MENOR QUE A DA GLICOHEMOGLOBINA, SEUS VALORES REFLETEM OS VALORES DE GLICEMIA NUM PERÍODO MENOR DE TEMPO (2 A 3 SEMANAS).
DESTE MODO, É UTILIZADA, PRINCIPALMENTE, NO MONITORAMENTO DE DIABETES GESTACIONAL, NO CONTROLE DO DIABETES APÓS MUDANÇA DE MEDICAMENTO OU DOSAGEM (VERIFICAR SE HOUVE MELHORA NO CONTROLE EM UM TEMPO MAIS CURTO) E NO CONTROLE DE DIABETES EM PACIENTES COM HEMOGLOBINOPATIAS (GLICOHEMOGLOBINA PODE SOFRER INTERFERÊNCIA).
A FRUTOSAMINA NÃO DEVE SER USADA PARA DIAGNÓSTICO DE DIABETES MELLITUS.
PACIENTES COM VALORES BAIXOS DE ALBUMINA (<3,0G/DL) PODEM TER RESULTADOS DE FRUTOSAMINA FALSAMENTE BAIXOS.



FRUTOSE - FRUTOSE

PRAZO: 7.00
SETOR: TERCERIZADO METODO: COLORIMÉTRICO (SELIWANOFF) PREPARO: O MATERIAL DEVERÁ SER ANALISADO ATÉ 4H APÓS COLETA.
NÃO É NECESSÁRIO ABSTINÊNCIA SEXUAL.
MATERIAL: ESPERMA RECIPIENTE: FRASCO ESTÉRIL VOLUME: 2 ML CONSERVACAO: CONGELADO TRANSPORTE: CONGELADO REJEICAO: AMOSTRA INSUFICIENTE, E DESCONGELADA

FSHSA - HORMONIO FOLICULO ESTIMULANTE - FSH

PRAZO: 7.00
SETOR: TERCERIZADO METODO: QUIMIOLUMONESCÊNCIA PREPARO: JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME: 5 ML CONSERVAÇÃO: REFRIGERAÇÃO DE 2° A 8° 7 DIAS TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: HEMÓLISE, NÃO REFRIGERADO, SEM INFORMAÇÕES DEVIDAS

FTAG - FTA -ABS- TREPONEMA PALLIDUM IGG

PRAZO: 7.00
SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TERCERIZADO MÉTODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
JEJUM OBRIGATÓRIO DE 8 HORAS MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
SORO RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TUBO COM GEL VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
1,0 mL DE SORO CONSERVAÇÃO:.
.
.
.
.
REFRIGERADO: 3 DIAS DE 2 A 8°, CONGELADO: 3 MESES TRANSPORTE:.
.
.
.
.
.
.
.
REFRIGERADO REJEIÇÃO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
LIPÊMICA OU COM HEMÓLISE CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO.


FUNCIOFE - FUNCIONAL DE FEZES

PRAZO: 5.00
INSTRUÇÕES - Recomendável suspender medicação laxante e/ou supositórios nos 3 dias anteriores e durante a coleta ou conforme orientação médica.
- Evitar o uso de bebidas gasosas (ex: refrigerantes,água gaseificada) e alcoólicas durante os 3 dias que antecedem a coleta.
- Importante informar a idade.
- Criança ate 12 anos não necessita de dieta.
- Para maiores de 12 anos, manter dieta habitual com as recomendações (descritas abaixo) ou conforme orientação medica.
* Dieta: - Manter dieta habitual (dia a dia do cliente) sendo recomendável nas últimas 72 horas (3 dias) antes da coleta que o mesmo inclua nas refeições principais (almoço e/ou jantar) quantidades usuais de carne, batata e feijão e, nas outras refeições (café da manhã, lanche da tarde), manteiga e leite.
- No 4º dia colher todo o volume fecal da primeira evacuação do dia e trazer ao laboratório imediatamente.
- Usar recipientes limpos e secos.
- Evitar contaminação por urina, água, gordura ou outro elemento.


FUNGPE - FUNGOS - PESQUISA

PRAZO: 5.00
ATUALIZADO EM 26/07/2010 FABIOLA LIMEIRA NOME DO EXAME: PESQUISA DE FUNGOS SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
BACTERIOLOGIA/ URINÁLISE, FEITO DIÁRIO ( LIBERAÇÃO EM 3 DIAS ) SINONIMIA:.
.
.
.
.
.
.
.
MICOLOGICO DIRETO, PESQUISA DE CÂNDIDA, DE LEVEDURA E DE DERMATÓFITO MÉTODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
EXAME DIRETO, CLARIFICADO COM KOH PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
NÃO FAZER USO DE ANTIFÚNGICO ORAL: HA PELO MENOS 30 DIAS.
LOCAL HA PELO MENOS 10 DIAS.
NÃO USAR NADA NO LOCAL 3 DIAS ANTES DA COLETA, QUALQUER MEDICAMENTO DEVE SER SUSPENSO SOMENTE PELO MÉDICO COLETA:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
PELE: 1)LESÕES SECAS E DESCAMATIVAS: RASPAR NAS BORDAS DAS LESÕES OU AS LESÕES RECENTES QUANDO ELAS FOREM MÚLTIPLAS.
PROCURAR OBTER O MÁXIMO DE MATERIAL POSSÍVEL.
2)LESÕES VESICULOSAS E BOLHAS: COLHER O REVESTIMENTO DA BOLHA E ENVIAR EM SALINA ESTÉRIL.
PELOS: COLHER OS PÊLOS QUEBRADIÇOS E SEM BRILHO.
RASPAR A BORDA DAS LESÕES DESCAMATIVAS DO COURO CABELUDO.
UNHAS: RASPAR NA REGIÃO LIMITE ENTRE A PARTE DA UNHA SAUDÁVEL E A PARTE ACOMETIDA.
OBTER, SEMPRE QUE HOUVER, MATERIAL SUBUNGUEAL.
ESCARRO: Vide PBK - ESCARRO.
SECREÇÃO VAGINAL E URETRAL: RETIRAR O EXCESSO DE SECREÇÄO, COLHER COM SWAB E ENVIAR EM SALINA ESTÉRIL.
LIQUOR: COLHIDO PELO MÉDICO MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
DESCAMAÇÄO DE LESÖES DE PELE, PÊLOS E UNHAS.
SECREÇÄO VAGINAL, URETRAL, ESCARRO, LÍQUOR RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
.
.
MATERIAL "SECO" OU "RASPADO" ENVIAR EM PLACA DE PÉTRI DESCARTÁVEL.
SECREÇÄO ENVIAR EM SALINA ESTÉRIL.
INTERFERENTE:.
ANTIFÚNGICOS CONSERVAÇÃO:.
.
PELE, PÊLO E UNHA: 5 DIAS TEMPERATURA AMBIENTE; SECREÇÃO 24 HORAS TEMPERATURA AMBIENTE; ESCARRO 12 HORAS REFRIGERADO; LÍQUOR 12 HORAS TEMPERATURA AMBIENTE TRANSPORTE:.
.
.
.
TEMPERATURA AMBIENTE EXCETO ESCARRO QUE É REFRIGERADO (USO EXCLUSIVO DO SETOR TÉCNICO)

APLICAÇÕES CLÍNICAS: O EXAME MICOLÓGICO DIRETO É UTILIZADO PARA DIAGNÓSTICO RÁPIDO DAS MICOSES PERMITINDO PRONTA INSTITUIÇÃO TERAPÊUTICA.
É UTILIZADO TAMBÉM NO DIAGNÓSTICO DE OUTRAS AFECÇÕES QUE SE ASSEMELHAM A INFECÇÕES FÚNGICAS.



FVP - FATOR V DE LEIDEN

PRAZO: 8.00
SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TERCERIZADO METODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
PCR- REACAO EM CADEIA DA POLIMERASE PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
JEJUM NAO OBRIGATORIO MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
SANGUE TOTAL EDTA RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TUBO COM EDTA VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
5 ML CONSERVAÇÃO:.
.
.
.
.
.
.
.
RESFRIADO ATÉ 5 DIAS (Não congelar) TRANSPORTE:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
RESFRIADO REJEIÇÃO: .
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FX1 - IGE MULT AMENDOAS, AVELÃ, NOZES

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA PREPARO : JEJUM 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FX10 - IGE MULT FX10

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : IMUNOCAP - FLUOROENZIMAIMUNOENSAIO PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇAO: CONTAMINAÇÃO MICROBIANA, CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FX2 - IGE FX2 MULT FRUTOS DO MAR

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FlLUORESCÊNCIA ENZIMATICA (FEIA)/ LMMUNOCAP PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO.


FX3 - IGE MULT CEREAIS

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FX5 - IGE FX5 MULT CL.OVO,LEIT,TRIGO,AMENDOIM,SOJA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA ENZIMATICA (FEIA) IMUNOCAP PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO.


FX7 - IGE MULT PARA TOMATE, LEVEDURA, ALHO, CEBOA, AIPO (FX7)

PRAZO: 5.00
*** ATUALIZADO EM 31/05/2011 POR FERNANDA NICOLE *** NOME DO EXAME: FX7: IgE MÚLTIPLO PARA TOMATE (F25), LEVEDURA (F45), ALHO (F47), CEBOLA (F48), AIPO (F85) SETOR : TERCERIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : IMUNOCAP PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO VALOR DE REFERÊNCIA: CLASSE 0: MENOR QUE 0,35 KU/L CLASSE 1: 0,35 A 0,70 KU/L CLASSE 2: 0,70 A 3,50 KU/L CLASSE 3: 3,50 A 17,50 KU/L CLASSE 4: 17,50 A 50,00 KU/L CLASSE 5: 50,00 A 100 KU/L CLASSE 6: MAIOR QUE 100 KU/L INTERPRETAÇÃO: CLASSE 0 = NEGATIVO CLASSE DE 1 A 6 = REAGENTE APLIICAÇÃO CLÍNICA : O TESTE É USADO PARA IDENTIFICAR O PROVAVEL ALERGENO RESPONSÁVEL PELA MANIFESTAÇÃO CLINICA EM PACIENTE ATÓPICO.
HÁ CORRELAÇÃO COM O NÍVEL DE IgE TOTAL, APÓS AFASTAR POSSIBILIDADE DE PARASITOSE.
QUANTO MAIOR O TÍTULO, MAIOR A SENSIBILIZAÇÃO DO INDIVÍDUO.
REAÇÕES FALSO POSITIVAS, PODEM OCORRER PELA LIGAÇÃO INESPECÍFICA DE ANTICORPOS IgE A POEIRAS ORGÂNICAS E EXTRATOS DE ALIMENTOS.
FALSO NEGATIVOS PODEM OCORRER POR BAIXOS NÍVEIS DE IgE NÃO DETECTADOS PELO ENSAIO.


FX73 - IGE MULT CARNES FRANGO, VITELA, PORCO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

FX74 - IGE MULT BACALHAU,CAVALINHA, ARENQUE

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO