Exames

A  B  C  D   E   F  G  H  I  J  K  L  M  N  O  P  Q  R  S  T  U  V  W  X  Y  Z  

E17 - IGE E1 ESP PELO DE GATO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMILUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

E3 - IGE ESP CASPA CAVALO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVACAO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS DE 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

E5 - IGE ESP PELO DE CAO

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

E70 - IGE ESPECIFICO PARA PENA DE GANSO - E8

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

E81 - IGE ESP EPITELIO DE OVELHA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO ATÉ 7 DIAS 2° A 8° OU CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO ETRANSPORTE INADEQUADO

E82 - IGE RAST (E82) - EPITÉLIOS - PELO DE COELHO

PRAZO: 3.00


E85 - IGE ESPECIFICO PARA PENAS DE GALINHA - E85

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

EBG - EPSTEIN BARR IGG / EBV IGG, ANTIC ANTI

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO SINONIMIA: EBV IgG - ANTI CAPSIDEO VIRAL OU SOROLOGIA PARA MONONUCLEOSE INFECCIOSA METODO : QUIMIOLUMINESCEÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL : SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL INTERF.
: LIPEMIA OU HEMÓLISE ACENTUADA CONSERV.
: REFRIGERADO: 07 DIAS TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEICAO : HEMÓLISE ACENTUADA.
OBSERVACAO: PARA QUE ENTRE NA ROTINA DE 2ª FEIRA, É NECESSÉRIO QUE A AMOSTRA ESTEJA NO SETOR DE SEPARACAO ATÉ SÁBADO

EBM - EPSTEIN BARR IGM / EBV IGM, ANTIC ANTI

PRAZO: 7.00
SETOR :TERCEIRIZADO METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS.
MATERIAL : SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1 ML CONSERV.
: ATE 7 DIAS REFRIGERADO ENTRE 2º E 8º C.
CICLOS DE CONGELAMENTO/ DESCONGELAMENTO NAO SAO RECOMENDADOS.
TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEICAO : HEMOLISE ACENTUADA.


ECA - ECA / ENZIMA CONVERSORA DE ANGIOTENSINA

PRAZO: 5.00
*** REVISADO EM 28/05/2008 MARCOS TÚLIO *** NOME DO EXAME: ENZIMA CONVERSORA DA ANGIOTENSINA.
SETOR : TERCERIZADO.
FEITO DIÁRIO.
( 3 DIAS ) SINONIMIA : ECA, SACORDOISE, ACE, ANGIOTENSINA CONVERTASE METODO : ENZIMÁTICO.
PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,5 mL.
CONSERV.
: ATE 7 DIAS REFRIGERADO V.
REFERENCIA: 35 A 90 U/L APLIC.
CLINICA: ELEVAÇÕES DESTA ENZIMA ASSOCIADAS AO QUADRO CLINICO, RADIOLÓGICO E A BIÓPSIA COM GRANULOMAS NÃO CASEOSOS SUGEREM SARCOIDOSE.
ESSA DOSAGEM POSSUI SENSIBILIDADE DE 30 A 80% NO DIAGNÓSTICO DA SARCOIDOSE.
NIVEIS BAIXOS PODEM SER ENCONTRADOS EM PACIENTES EM USO DE CORTICOIDES E ANTIHIPERTENSIVOS INIBIDORES DA ECA.
NIVEIS ELEVADOS TAMBEM PODEM SER ENCONTRADOS NA DOENÇA DE GAUCHER, DIABETE MELITO, HANSENIASE, AMILOIDOSE, DOENÇA HEPÁTICA ALCOÓLICA, CIRROSE BILIAR PRIMÁRIA, MIELOMA, HIPERTIREOIDISMO, ASBESTOSE, SILICOSE E PSORÍASE.


EFLIPO - ELETROFORESE DE LIPOPROTEINAS

PRAZO: 7.00
SETOR: TERCERIZADO MÉTODO: ELETROFORESE PREPARO: JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SORO RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME: 3mL CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO DE 2 A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃÓ: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

ELEHB - ELETROFORESE DE HEMOGLOBINAS, PH ALCALINA

PRAZO: 5.00
SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
LAB REDE ( LIBERAÇÃO EM 4 DIAS ) SINONIMIA:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
PESQUISA DE HEMOGLOBINOPATIAS MÉTODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
ELETROFORESE PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
JEJUM NÃO OBRIGATORIO MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
SANGUE TOTAL EM EDTA RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
TUBO COM EDTA (TAMPA ROXA) VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
MINIMO 1,0 mL INTERFERENTES:.
.
HEMÓLISE CONSERVAÇÃO:.
.
.
.
.
REFRIGERADO: 3 DIAS TRANSPORTE:.
.
.
.
.
.
.
REFRIGERADO REJEIÇÃO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
HEMÓLISE (USO EXCLUSIVO DO SETOR TÉCNICO)

APLICAÇÃO CLINICA: AS HEMOGLOBINAS SAO UM GRUPO DE PROTEINAS CUJA PRINCIPAL FUNCAO EH TRANSPORTAR OXIGENIO DOS PULMÕES PARA OS TECIDOS E DIOXIDO DE CARBONO NA DIREÇÃO INVERSA.
A PRINCIPAL HEMOGLOBINA NO ERITRÓCITO DO ADULTO NORMAL EH HBA, OCORRENDO QUANTIAS PEQUENAS DE HBA2 E HF.
NO RECÉM-NASCIDO ATE 30 DIAS, A HBF COMPOE ATE 60 A 90%.
POR VOLTA DOS 24 MESES OS VALORES DE HEMOGLOBINA ATINGEM OS NIVEIS DO ADULTO.
A ELETROFORESE DE HEMOGLOBINA É UTILIZADA NA INVESTIGAÇÃOO DE HEMOGLOBINOPATIAS, NAS ANEMIAS HEMOLITICAS.



ELEP - ELETROFORESE DE PROTEINAS

PRAZO: 7.00
*** REVISADO EM 25/09/2010 FABRÍCIO MIRANDA*** NOME DO EXAME: ELETROFORESE DE PROTEINAS NO SORO SETOR:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
LAB REDE ( LIBERAÇÃO EM 5 DIAS ) SINONIMIA:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
PERFIL ELETROFORETICO NO SORO, PROTEINOGRAMA MÉTODO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
ELETROFORESE PREPARO:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
SANGUE (SORO) RECIPIENTE:.
.
.
.
.
.
.
.
.
TUBO COM GEL VOLUME:.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
MINIMO 1,0 mL INTERFERENTES:.
HEMÓLISE INTENSA TRANSPORTE:.
.
.
.
.
.
.
REFRIGERADO CONSERVAÇÃO:.
.
.
.
REFRIGERADO: 7 DIAS E CONGELADO: 1 MÊS (USO EXCLUSIVO DO SETOR TÉCNICO)

APLICAÇÃO CLINICA: A ELETROFORESE DE PROTEÍNAS INCLUI A QUANTIFICAÇÃO DE ALBUMINA, E ALFA1, ALFA2, BETA E GAMA GLOBULINAS.
OS RESULTADOS SÃO EXPRESSOS EM PERCENTAGEM, MAS OS VALORES ABSOLUTOS SÃO CALCULADOS A PARTIR DA DOSAGEM DE PROTEÍNAS TOTAIS.
A ELETROFORESE DE PROTEÍNAS PODE SER UTILIZADA NA AVALIAÇÃO DE PACIENTES COM MIELOMA MÚLTIPLO, MACROGLOBULINEMIA DE WALDENSTRÖM E AMILOIDOSE PRIMÁRIA.
PODE AUXILIAR NO DIAGNÓSTICO DE HEPATITE AUTO-IMUNE, CIROOSE, IMUNODEFICIÊNCIA HUMORAL E GAMOPATIA MONOCLONAL, OLIGOCLONAL OU POLICLONAL.



ELFP24 - ELETROFORESE DE PROTEINAS URINARIAS

PRAZO: 7.00


ELFPROT - ELETROFORESE DE PROTEINAS - LIQUOR

PRAZO: 5.00
SETOR: TERCERIZADO MÉTODO: ELETROFORESE CAPILAR PREPARO: JEJUM DE 8 HORAS MATERIAL: SORO REFRIGERADO RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME: 0,5 mL CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO DE 2 A 8° TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

ENDA - ENDOMISIO ANTICORPOS IGA

PRAZO: 6.00
SETOR : TERCEIRIZADO METODO : IMUNOFLUORESCENCIA INDIRETA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL : SORO RECEPIENTE : TUBO SORO GEL VOLUME :2 mL CONSEVAÇÃO : REFRIGERADO TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEIÇÃO : COLETA E CONCERVACAO INADEQUADA

ENDG - ENDOMISIO IGM, ANTIC ANTI

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCEIRIZADO METODO : IMUNOFLUORESCENCIA INDIRETA PREPARO : JEJUM 4 HORAS MATERIAL : SORO RECEPIENTE : TUBO SORO GEL VOLUME :2 ml CONSEVAÇÃO : REFRIGERADO TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEIÇÃO : - CONTAMINAÇÃO MICROBIANA.
- AMOSTRA COLHIDA COM GEL SEPARADOR.
- AMOSTRA REPETIDAMENTE CONGELADA E DESCONGELADA.
- AMOSTRA SUBEMTIDA A TEMPERATURA ELEVADA.


ENDOTO - ANTI - ENDOMISIO - ANTICORPOS (IGG)

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCEIRIZADO METODO : IMUNOFLUORESCENCIA INDIRETA PREPARO : JEJUM DE 4HS MATERIAL : SORO RECEPIENTE : TUBO SORO GEL VOLUME :2 ml CONSEVAÇÃO : REFRIGERADO TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEIÇÃO : CONSERVAÇAO E TRANSPORTE INADEQUADO

ENVERM - ENTEROBIUS VERMICULARES - PESQUISA

PRAZO: 3.00
COLHER SOMENTE NA MATRIZ SETOR: PARASITOLOGIA MÉTODO: FITA GOMADA PREPARO: NÃO USAR NENHUM MEDICAMENTO NA REGIÃO PERIANAL, FAZER A COLETA ANTES DE DEFECAR E TOMAR BANHO.
MATERIAL: 1 LAMINA COM FITA GOMADA + 1 SWAB RETAL EM SALINA RECIPIENTE: LÂMINA CONSERVAÇÃO: ANALISE DEVE SER FEITA NO MESMO DIA DA COLETA.
DURABILIDADE DE ATÉ DOIS DIAS EM TEMPERATURA AMBIENTE.
REJEIÇÃO: COLETA E PREPARO INADEQUADOS.
BOLHA NA FITA.
LAMINA ENGORDURADA.
APLICAÇÃO CLINICA: METODOLOGIA DE ESCOLHA PARA DIAGNOSTICO DA ENTEROBIOSE (OXIURUS), POIS O ENTEROBIUS VERMICULARES NAO FAZ POSTURA DOS OVOS NA LUZ INTESTINAL E SIM NA REGIAO PERIANAL NO PERIODO DA NOITE.


EOS - EOSINÓFILO PESQUISA

PRAZO: 2.00
SETOR: HEMATOLOGIA MÉTODO: COLORAÇÃO DE MAY GRUNWALD GIEMSA PREPARO: NÃO ESTAR EM USO DE MEDICAMENTO TÓPICO (GOTA NASAL) NAS ÚLTIMAS 24h.
LEMBRANDO QUE SOMENTE O MÉDICO PODE SUSPENDER QUALQUER MEDICAÇÃO.
MATERIAL: ESCARRO, SECREÇÃO NASAL, LAVADO BRÔNQUICO (COLHIDO PELO MÉDICO), SECREÇÃO CONJUNTIVAL .
MUCO NASAL: NESTE CASO PEDIR AO CLIENTE QUE REMOVA SECREÇÃO LÍQUIDA DO NARIZ COM LENÇO DE PAPEL COLHER COM SWAB, INTRODUZI-LO NO ALTO DA NARINA E GIRAR PROCURANDO COLHER MATERIAL MAIS MUCOSO.
FAZER 2 ESFREGAÇOS, GIRANDO O SWAB DELICADAMENTE SOBRE A LÂMINA, NÃO "ESFREGAR" RECIPIENTE: ESCARRO- FRASCO ESTÉRIL MUCO NASAL-ENVIAR ESFREGAÇO EM PORTA-LÂMINA CONSERVAÇÃO:.
.
ESFREGAÇO ATÉ 5 DIAS EM TEMPERATURA AMBIENTE.
ESCARRO, LAVADO BRONCOALVEOLAR ATÉ 12 HORAS REFRIGERADO TRANSPORTE: ESFREGAÇO - TEMPERATURA AMBIENTE E ESCARRO, LAVADO BRONCOALVEOLAR - REFRIGERADO VALOR DE REF.
.
.
.
NEGATIVA APLICAÇÃO CLINICA: A PESQUISA DE EOSINOFILOS EM MATERIAIS DIVERSOS AJUDA NA ELUCIDACAO DIAGNOSTICA DE NUMEROSAS PATOLOGIAS.
O ACHADO DE EOSINOFILOS NA URINA AJUDA NA CONFIRMACAO DE NEFRITE INTERSTICIAL.
NO ESCARRO E LAVADO BRONQUICO, SAO CARACTERISTICOS NA ASMA BRONQUICA.
NAS FEZES, SAO ABUNDANTES NA DISENTERIA AMEBIANA, ENQUANTO NAS SECRECOES NASAL E CONJUNTIVAL SUGEREM PROCESSOS ALERGICOS.
NO LIQUOR, EMBORA NAO PATOGNOMONICO, CONSTITUI DADO IMPORTANTISSIMO NO DIAGNOSTICO DE CERTOS PROCESSOS PARASITARIOS DO SISTEMA NERVOSO (CISTICERCOSE, EQUINOCOCOSE).


ERIP - ERITROPOIETINA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO) RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 3,0 mL CONSERV.
: ATE 7 DIAS REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇAO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

ERIT - ERITROGRAMA

PRAZO: 3.00
ERITROGRAMA É COMPOSTO POR: HEMOGLOBINA, HEMATÓCRITO, HEMÁCIAS, VCM, HCM, CHCM E RDW SETOR : HEMATOLOGIA.
FEITO DIÁRIO SINONÍMIA : ESTUDO DAS HEMÁCIAS NUMERO E MORFOLOGIA MÉTODO : CITOMETRIA DE FLUXO PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATORIO.
MATERIAL : SANGUE TOTAL EM EDTA.
RECIPIENTE : TUBO COM EDTA VOL.
MÍNIMO : 1,0 mL.
INTERF.
: HEMÓLISE GROSSEIRA, AMOSTRA COAGULADA CONSERV.
: 24 HORAS REFRIGERADO TRANSPORTE : TEMPERATURA AMBIENTE REJEIÇÃO : AMOSTRA COAGULADA APL.
CLÍNICA: ESTUDO DO NUMERO E MORFOLOGIA DAS HEMÁCIAS

ESC - ESPERMOCULTURA

PRAZO: 7.00
*** ATUALIZADO EM 14/07/2010 CLAUDIANA DIAS *** NOME DO EXAME: ESPERMOCULTURA ***********NÃO PRECISA AGENDAR TRANSPORTE*********** ENVIAR NO MESMO DIA DA COLETA SETOR : BACTERIOLOGIA ( 5 DIAS ) MÉTODO : SEMEADURA EM MEIOS ESPECÍFICOS PREPARO : .
NÃO É NECESSÁRIO FAZER ABSTINÊNCIA SEXUAL.
.
A COLETA DEVE SER FEITA PREFERENCIALMENTE NO LABORATÓRIO EM FRASCO ESPECIAL ESTÉRIL.
.
ANTES DA COLETA URINAR E PROCEDER A HIGIENE DAS MÃOS E DO PÊNIS USANDO ÁGUA E SABÃO, DISTENDENDO TODO O PREPÚCIO.
.
ENXAGUAR ABUNDANTEMENTE, SECAR AS MÃOS E O PÊNIS CUIDADOSAMENTE COM GAZE ESTÉRIL.
.
INFORMAR SE ESTÁ OU ESTEVE RECENTEMENTE EM USO DE ANTIBIÓTICOS.
.
SE A AMOSTRA NÃO FOR FEITA NO LABORATÓRIO, DEVERÁ SER ENTREGUE NO PRAZO MÁXIMO DE 1 HORA.
.
NÃO ACEITAR AMOSTRAS COLHIDAS COM QUALQUER TIPO DE LUBRIFICANTE, NEM MESMO SALIVA, OU PRESERVATIVOS.
MATERIAL :ESPERMA COLHEITA: COLHER POR MASTURBAÇÄO, DIRETAMENTE EM FRASCO ESTERILIZADO DE BOCA LARGA.
OBS: SE HOUVER NO MESMO PEDIDO ESPERMOCULTURA E EXAMES DE PRIMEIRO JATO, SOLICITAR AO CLIENTE QUE URINE ANTES DA COLHEITA DE ESPERMA.
RECIPIENTE: FRASCO ESTÉRIL CONSERV.
: 4 HORAS TEMPERATURA AMBIENTE TRANSPORTE: TEMPERATURA AMBIENTE REJEIÇÃO : MATERIAL REFRIGERADO VALOR DE REFERÊNCIA: AUSÊNCIA DE CRESCIMENTO BACTERIANO APÓS 48h DE INCUBAÇÃO APLIC.
CLÍNICA : DIAGNÓSTICO DE INFECÇÕES DO TRATO GENITAL MASCULINO

ESFEPQ - PESQUISA DE ESFEROCITOS

PRAZO: 3.00


ESI - INIBIDOR DE C1 ESTERASE FUNCIONAL - SANGUE

PRAZO: 25.00
*** REVISADO 28/05/2008 MARCOS TÚLIO *** NOME DO EXAME: C1S ESTERASE INIBIDOR QUANTITATIVO * NÃO COLHER AOS SÁBADOS E VÉSPERA DE FERIADOS * SETOR : TERCERIZADO.
FEITO SOMENTE 2ª FEIRA ( 7 DIAS ) SINONÍMIA: C1S ESTERASE INITIVADOR, C1S ESTERASE INH, C1S ESTERASE INIBIDOR ANTIGÊNICO, TESTE EDEMA ANGIONEURÓTICO HEREDITÁRIO, TESTE DE HANE MÉTODO : IMUNOTURBIDIMETRIA PREPARO : * JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO * COLHER, COAGULAR, CENTRIFUGAR, SEPARAR E CONGELAR IMEDIATAMENTE MATERIAL: SANGUE (SORO) RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL DE SORO.
INTERF.
: LIPEMIA, HEMÓLISE INTENSA E DESCONGELAMENTO DA AMOSTRA CONSERV.
: ENCAMINHAR NO MESMO DIA DA COLETA TRANSPORTE : CONGELADO REJEIÇÃO: AMOSTRAS DESCONGELADAS V.
REFERÊNCIA: * HOMENS : 29 A 42 MG/DL * MULHERES : 26 A 39 MG/DL APLIC.
CLÍNICA: É UMA PROTEINA DE FASE AGUDA, INIBIDORA DE PROTEASES, PRESENTE NO SORO E PLASMA DE INDIVIDUOS NORMAIS.
TEM PAPEL REGULADOR NAS ENZIMAS DO COMPLEMENTO, COAGULAÇÃO E FIBRINÓLISE.
A SUA DEFICIÊNCIA LEVA AO EDEMA ANGIONEURÓTICO.
DUAS FORMAS DESSA DEFICIÊNCIA SÃO DESCRITAS: A FORMA CONGÊNITA E A ADQUIRIDA.
A FORMA CONGÊNITA, O ANGIOEDEMA HEREDITÁRIO, É CARACTERIZADA POR EPISÓDIOS RECORRENTES DE EDEMAS, HAVENDO DEFICIÊNCIA QUANTITATIVA DA C1S ESTERASE INIBIDOR.
NAS FORMAS ADQUIRIDAS, MUITAS VEZES ASSOCIADAS A VARIAS DOENÇAS, INCLUSIVE LINFOMAS, É COMUM OCORRER A DEFICIÊNCIA FUNCIONAL, PODENDO SER ENCONTRADOS NÍVEIS NORMAIS OU AUMENTADOS DE C1 ESTERASE INIBIDOR.


ESP - ESPERMOGRAMA

PRAZO: 4.00
ENVIAR AMOSTRA IMEDIATAMENTE APÓS A COLETA PARA O SETOR - COLOCAR NA FICHA A COAGULAÇÃO PRIMARIA SETOR : HEMATOLOGIA.
FEITO DIÁRIO ATÉ AS 15:00 E SABADO ATÉ AS 10:00 SINONÍMIA : LIQUIDO SEMINAL MÉTODO : ANÁLISE SEMINAL MANUAL - ÓPTICA PREPARO : ABSTENCAO DE EJACULAÇÃO (RELACAO SEXUAL, MASTURBACAO E EJACULAÇÃO NOTURNA) DE 2 A 7 DIAS OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
SE FOR CONTROLE DE VASECTOMIA NÃO É NECESSÁRIA A ABSTENCAO DE EJACULAÇÃO.
A FORMA DE COLETA DO MATERIAL É POR MASTURBAÇÃO, SEM QUE HAJA PERDA DO MATERIAL, DIRETAMENTE NO FRASCO ESTERIL.
MATERIAL : TODO MATERIAL EJACULADO RECIPIENTE : FRASCO ESTERIL DE URINA VOLUME : TOTAL DA EJACULAÇÃO INTERFERENTE: MATERIAL RECOLHIDO DE PRESERVATIVO, PRESENÇA DE SALIVA, COITO INTERROMPIDO.
- COLETAS FORA DO LABORATORIO SÃO PROIBIDAS CONSERVAÇÃO : ATÉ 1 HORA APÓS A COLETA EM TEMPERATURA AMBIENTE TRANSPORTE : IMEDIATO E REFRIGERADO REJEIÇÃO : NAO COLHEMOS ATRAVES DE COLETA DOMICILIAR.
APLIC.
CLÍNICA: CONSTITUI IMPORTANTE EXAME DE AUXÍLIO DIAGNÓSTICO QUE ANALISA AS CONDIÇÕES FÍSICAS E COMPOSIÇÃO DO SÊMEM HUMANO.
É EXPLORADO PARA AVALIAR A FUNÇÃO PRODUTORA DO TESTÍCULO E PROBLEMAS DE ESTERILIDADE MASCULINA

ESPESUS - ESPERMOGRAMA POS VASECTOMIA

PRAZO: 4.00
ENVIAR AMOSTRA IMEDIATAMENTE APÓS A COLETA PARA O SETOR - COLOCAR NA FICHA A COAGULAÇÃO PRIMARIA SETOR : HEMATOLOGIA.
FEITO DIÁRIO ATÉ AS 15:00 E SABADO ATÉ AS 10:00 SINONÍMIA : LIQUIDO SEMINAL MÉTODO : ANÁLISE SEMINAL MANUAL - ÓPTICA PREPARO : ABSTENCAO DE EJACULAÇÃO (RELACAO SEXUAL, MASTURBACAO E EJACULAÇÃO NOTURNA) DE 2 A 7 DIAS OU CONFORME ORIENTAÇÃO MÉDICA.
SE FOR CONTROLE DE VASECTOMIA NÃO É NECESSÁRIA A ABSTENCAO DE EJACULAÇÃO.
A FORMA DE COLETA DO MATERIAL É POR MASTURBAÇÃO, SEM QUE HAJA PERDA DO MATERIAL, DIRETAMENTE NO FRASCO ESTERIL.
MATERIAL : TODO MATERIAL EJACULADO RECIPIENTE : FRASCO ESTERIL DE URINA VOLUME : TOTAL DA EJACULAÇÃO INTERFERENTE: MATERIAL RECOLHIDO DE PRESERVATIVO, PRESENÇA DE SALIVA, COITO INTERROMPIDO.
- COLETAS FORA DO LABORATORIO SÃO PROIBIDAS CONSERVAÇÃO : ATÉ 1 HORA APÓS A COLETA EM TEMPERATURA AMBIENTE TRANSPORTE : IMEDIATO E REFRIGERADO REJEIÇÃO : NAO COLHEMOS ATRAVES DE COLETA DOMICILIAR.
APLIC.
CLÍNICA: CONSTITUI IMPORTANTE EXAME DE AUXÍLIO DIAGNÓSTICO QUE ANALISA AS CONDIÇÕES FÍSICAS E COMPOSIÇÃO DO SÊMEM HUMANO.
É EXPLORADO PARA AVALIAR A FUNÇÃO PRODUTORA DO TESTÍCULO E PROBLEMAS DE ESTERILIDADE MASCULINA

EST - ESTRONA

PRAZO: 7.00
SETOR: TERCEIRIZADO.
) MÉTODO: RADIOIMUNOENSAIO PREPARO: JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE/ SORO RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME: 1 mL INFORMAR MEDICAMENTOS EM USO TRANSPORTE: REFRIGERADO CONSERVAÇÃO: REFIGERDO DE 2 A 8°

ESTLR - ESTRADIOL E2

PRAZO: 5.00
SETOR : TERCEIRIZADO METODO : QUIMIOLUMINESCENCIA PREPARO : JEJUM 4 HORAS MATERIAL : SORO RECEPIENTE : TUBO SORO GEL VOLUME :1 ml CONSEVAÇÃO : REFRIGERADO TRANSPORTE : REFRIGERADO REJEIÇÃO : - CONTAMINAÇÃO MICROBIANA.
- AMOSTRA COLHIDA COM GEL SEPARADOR.
- AMOSTRA REPETIDAMENTE CONGELADA E DESCONGELADA.
- AMOSTRA SUBEMTIDA A TEMPERATURA ELEVADA.


ESTRI - ESTRIOL LIVRE E3

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCEIRIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCENCIA PREPARO : JEJUM 8 HORAS.
EM MULHERES, ANOTAR O DIA DO CICLO MENSTRUAL.
DE PREFERENCIA COLHER ENTRE O 13º E O 15º DIAS DE CICLO.
MATERIAL : SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 2,0 mL.
CONSERV.
: ATE 7 DIAS REFRIGERADODE 2 A 8° .
TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

EX1 - IGE MULT EPITELIOS (PELOS DE GATO, CAVAL

PRAZO: 10.00
*** ATUALIZADO EM 31/05/2011 POR FERNANDA NICOLE *** NOME DO EXAME EX1 : IgE MÚLTIPLO PARA ETIPELIO, PARTÍCULAS E PÊLOS (GATO, CAVALO, BOI E CACHORRO ) SETOR : TERCERIZADO.
FEITO DIÁRIO METODO : IMUNOCAP PREPARO : JEJUM NÃO OBRIGATÓRIO MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO VALOR DE REFERÊNCIA: CLASSE 0: MENOR QUE 0,35 KU/L CLASSE 1: 0,35 A 0,70 KU/L CLASSE 2: 0,70 A 3,50 KU/L CLASSE 3: 3,50 A 17,50 KU/L CLASSE 4: 17,50 A 50,00 KU/L CLASSE 5: 50,00 A 100 KU/L CLASSE 6: MAIOR QUE 100 KU/L INTERPRETAÇÃO: CLASSE 0 = NEGATIVO CLASSE DE 1 A 6 = REAGENTE APLIICAÇÃO CLÍNICA : O TESTE É USADO PARA IDENTIFICAR O PROVAVEL ALERGENO RESPONSÁVEL PELA MANIFESTAÇÃO CLINICA EM PACIENTE ATÓPICO.
HÁ CORRELAÇÃO COM O NÍVEL DE IgE TOTAL, APÓS AFASTAR POSSIBILIDADE DE PARASITOSE.
QUANTO MAIOR O TÍTULO, MAIOR A SENSIBILIZAÇÃO DO INDIVÍDUO.
REAÇÕES FALSO POSITIVAS, PODEM OCORRER PELA LIGAÇÃO INESPECÍFICA DE ANTICORPOS IgE A POEIRAS ORGÂNICAS E EXTRATOS DE ALIMENTOS.
FALSO NEGATIVOS PODEM OCORRER POR BAIXOS NÍVEIS DE IgE NÃO DETECTADOS PELO ENSAIO.


EX2 - IGE MULT EPITELIOS (PELOS GATO, RATAZANA

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇAO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

EX71 - IGE MULTIPLO PENAS (FRANGO,GANSO,PATO)

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : FLUORESCÊNCIA (FEIA) IMUNOCAP PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO SORO GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO, SE NÃO FOR REALIZADO NO MESMO DIA , MANTER CONGELADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

EX72 - IGE MULT PENAS (PERIQ.CANAR.PAPAGAIO)

PRAZO: 7.00
SETOR : TERCERIZADO.
METODO : QUIMIOLUMINESCÊNCIA PREPARO : JEJUM DE 4 HORAS MATERIAL: SANGUE (SORO).
RECIPIENTE: TUBO COM GEL VOLUME : 1,0 mL.
CONSERVAÇÃO: REFRIGERADO TRANSPORTE: REFRIGERADO REJEIÇÃO: CONSERVAÇÃO E TRANSPORTE INADEQUADO

EXAFRESC - EXAME DIRETO A FRESCO

PRAZO: 4.00
*** ATUALIZADO EM 14/07/2010 CLAUDIANA DIAS *** NOME DO EXAME: EXAME A FRESCO SETOR :MICROBIOLOGIA.
FEITO DIÁRIO ( 1 DIA ) MÉTODO :EXAME DIRETO A FRESCO PREPARO :MULHERES: NÃO ESTAR EM USO DE CREME VAGINAL SECREÇÃO URETRAL E 1º JATO: ESTAR COM 4 HORAS DE RETENÇÃO URINÁRIA MATERIAL :SECREÇÃO VAGINAL, SECREÇÃO URETRAL, URINA 1º JATO COLETA: SECREÇÄO VAGINAL- RETIRAR O EXCESSO DE SECREÇÄO COM GAZE, COLHER COM SWAB NA ENTRADA DO CANAL(INTRÓITO VAGINAL), LAVAR O SWAB EM SALINA E ENVIAR IMEDIATAMENTE.
SECREÇÄO URETRAL-COLHER COM SWAB NA ENTRADA DO CANAL URETRAL, LAVAR O SWAB EM SALINA E ENVIAR IMEDIATAMENTE.
RECIPIENTE:TUBO COM SALINA ESTÉRIL INTERF.
:USO DE ANTIFÚNGICO, CREMES VAGINAIS CONSERV.
:1 HORA TEMPERATURA AMBIENTE TRANSPORTE:TEMPERATURA AMBIENTE, DEVE SER AGENDADO COM A EXPEDIÇÃO PARA SER ENTREGUE AO SETOR RAPIDAMENTE.
MATERIAL : FEZES RECENTE A FRESCO PREPARO : EVITAR USO DE LAXANTES, ANTIÁCIDOS, CONTRASTE ORAL E SUPOSITÓRIOS NOS 3 DIAS QUE ANTECEDEM A COLETA RECIPIENTE : FRASCO FORNECIDO PELO LABORATÓRIO INTERFERENTE: CONTRASTES RADIOLÓGICOS, FEZES CONSISTENTES (SOLIDIFICADAS), FEZES REFRIGERADA OU COM PRAZO SUPERIOR A 30 MINUTOS APÓS COLETA.
REJEIÇÃO :MATERIAL REFRIGERADO VALOR DE REFERÊNCIA: AUSÊNCIA DE TRICHOMONAS E/OU AUSÊNCIA OU PRESENÇA DE RARAS ESTRUTURAS FÚNGICAS NO MATERIAL EXAMINADO.
APLIC.
CLÍNICA: DIAGNÓSTICO DE INFECÇÕES DO TRATO GENITAL.